Dicas para tratar próstata aumentada

Também chamada de hiperplasia prostática, essa condição de próstata aumentada é considerada bastante comum nos homens depois de uma certa idade.

Na maioria das vezes esse aumento também é considerado benigno, ou seja, não se trata de uma condição maligna ou que traga riscos para a saúde.

No entanto, o que acontece é que mesmo sendo uma condição benigna, a próstata aumentada pode causar uma série de problemas para o homem que apresenta o problema.

Por isso mesmo que é essencial conhecer bem sobre o assunto, então, veja mais logo a seguir.

Sintomas da próstata aumentada

Pois bem, o aumento da próstata tende a acontecer de uma forma gradual, o que significa que os sintomas também podem ir se apresentando gradualmente ou se intensificando com o tempo.

De uma forma geral, os principais sintomas são os seguintes:

  • Dificuldade para começar a urinar
  • Jato de urina sem força
  • Frequente vontade de urinar, mesmo durante a noite
  • Sensação constante de bexiga cheia
  • Sensação de esvaziamento incompleto, que é sentir a bexiga cheia mesmo depois de urinar
  • Dificuldade para obter ou manter uma ereção satisfatória
  • Dor ao urinar ou ejacular
  • Repentina vontade de urinar
  • Dor nos testículos ou na região do ânus

Vale lembrar que esses sintomas se apresentam especialmente em pessoas com mais de 50 anos de idade, mas também pode acontecer com homens mais jovens.

Na maioria dos casos, a próstata aumenta por causa de uma inflamação dessa glândula, que acaba pressionando a uretra.

O resultado é que há uma dificuldade na passagem da urina e a consequência pode ser até mesmo problemas sérios para a bexiga.

O mais importante é sempre conversar com seu médico e realizar o acompanhamento adequado para que o problema não se agrave e possa receber o tratamento adequado.

Lembre-se que cuidar da saúde não deve ser um tabu!

Tratamento próstata aumentada

Existe ótimos produtos como o urotrin que ajuda nesse tratamento, mas de uma forma geral, o tratamento irá depender das causas e também da gravidade desse problema. No entanto, ele pode acontecer dessas formas:

  • Hiperplasia prostática benigna: indicação de medicamentos para reduzir o tamanho da glândula e amenizar os sintomas. Em casos mais graves, pode ser preciso cirurgia para remoção da mesma.
  • Prostatite: inflamação da próstata por infecção bacteriana, tratada com uso de antibióticos.
  • Câncer de próstata: normalmente exige cirurgia para a retirada da próstata, podendo ser necessário fazer quimioterapia ou radioterapia de acordo com a evolução do quadro.

O mais importante é sempre contar com acompanhamento médico adequado para saber o que fazer e como proceder em cada situação!